Para Além do Parque – Viva o convívio…..


 “A sombra é maior que a luz sempre que rejeitares o que te seduz”

21ª Saída.

7,8 Fevereiro 2015                                                         Cortes, Leiria.

                                                                                     Reguengo do Fetal, Batalha.

Prospecção de alguns ocos indicados pelo Sr. António Neto.

Visita a nascente do rio Liz.

Continuação de desobstrução no Algar do Cabeço Rebelo.

Desobstrução, exploração e topografia do Algar da Torre.

Elementos presentes: André Reis, Hélio Frade, José Chouriço, Marco Messias, Alexandre Leal (G.E.M.), Sr. António Neto.

Dia 7

Encontrámo-nos em Alvados na nova sede da Federação as 9h, beijos e abraços e seguimos ao encontro do Sr. António Neto no Vale da quebrada. Sempre com ocos para nos indicar, é aquela máquina, hihihihihi.

Aqui a buraco????

Aqui há buraco????

Está aqui, está dentro de um buraco connosco. De seguida fomos até a Nascente do rio Liz. “Em tempos nascia no topo do vale na famosa grota (Nascente principal), sob um poço, rodeado de carvalhos, eucaliptos e pedras calcárias. Raiada pelo sol, forma uma incrível paisagem com cheiro característico que só a nossa terra tem.” Já era….., foi tudo alterado, bom o trajecto não deixa de ser bonito, mas a entrada está totalmente obstruída com toneladas de calhau que taparam qualquer hipótese de por ali entrar. HUMMM, havemos de arranjar outra.

Sem mais demora fomos até ao Reguengo do Fetal, tomámos o belo pequeno almoço e fomos fotografar a cascata do Buraco Roto a debitar, espectáculo….., já estava a fazer falta era o cheiro da penumbra, grutas e como tal fomos para o Algar do cabeço Rebelo, para continuarmos com a desobstrução.

Toca a equipar....

Toca a equipar….

12h estávamos a entrar, Algar sempre apertado com passagens difíceis, algum suor depois e… prontos aqui já se passa, siga.

Novamente nos apertos..

Novamente nos apertos..

Equipámos o poço de 11m, que dá acesso à ponta de exploração, denominado agora como poço do tam-tam.

Eles por ali abaixo...

Eles por ali abaixo…

Após tirar algumas pedras, já tínhamos o deslumbre do que nos espera, MAIS TRABALHO, pedrinha por ali a baixo, olha entre 15 a 30mt, hihihihihi o sacana não pára de crescer!!!

De saída.

De saída.

Após arrumarmos os nossos pertences começamos a sair, mas não sem antes comermos a sandocha, foi sempre a abrir, hihihihihi. As 17h estávamos todos fora e seguimos até Alvados, ao encontro dos nossos amigos.

Comemos, bebemos e confraternizámos ao mais alto nível, falámos de aventuras passadas e sonhámos com novas………

Dia 8

Alvorada às 9h e seguimos até ao Solero onde nos encontrámos todos, pequeno-almoço e já tínhamos o Sr. António Neto no terreno com mais locais relevantes para nos indicar na zona …….., identificámos locais onde já houve algares, estando estes em zona de eucaliptal e totalmente entulhados.

Despedimo-nos do Sr. António e fomos até ao Algar da Torre, identificado no dia anterior.

Está aqui!!!

Está aqui!!!

Eram 11.30h e iniciamos a desobstrução, removendo terra que nos permitia agora com um pouco de esforço, alargar a entrada.

Na base do poço de entrada.

Na base do poço de entrada.

Equipados descemos o poço com -10m com base em rampa que dá acesso a outro poço muito bonito mas sendo a base deste o final do Algar. Paciência, nós queremos sempre mais mas a maior parte das vezes é NIM…………

Apesar de pequeno tem belas formações.

Apesar de pequeno tem belas formações.

Bom, topografia efectuada, recolhemos os dados para cadastro e saímos, tapando a entrada com umas lajes por razões de segurança.

Trabalho efetuado.

Trabalho efectuado.

14.30h e estávamos a caminho da nascente do Liz onde comemos o almoço ali ao lado da igreja. Falamos com um conterrâneo, que nos explicou como era e como está a nascente. Efectuaram obras que taparam a nascente principal, sendo está originalmente um poço com cerca de -12m. Enfim fizemos mais uma vez o percurso pedestre e seguimos para a pedreira onde a malta do N3 estava a treinar. Convivemos e seguimos para nossas casas satisfeitos com mais um fim-de-semana no campo, sempre fechando e criando novas pontas do nosso projecto que não pára de crescer…..

Chouriço, André, Picatchu.

Planta, Algar da Torre.

Planta, Algar da Torre.

Perfil desdobrado, Algar da Torre.

Perfil desdobrado, Algar da Torre.

Projectado para A4, Planta Algar da Torre:

algar da torreP

Projectado para A4, Perfil desdobrado Algar da Torre:

algar da torres

Ficha de equipagem:

Ficha de equipagem, Algar da Torre

Croquis de equipagem:

Croky de equipagem – Algar da torre

Abraços e a obra cresce……….

 

 

Advertisements

~ por josechourico em 13 / 08 / 2015.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: