Alguns apontamentos sobre a geologia do algar das Eiras


Situação geográfica e antecedentes

O algar da Eiras fica situado no Planalto de Sto. António, perto do seu bordo Norte, na proximidade da localidade de Chainça. Esta cavidade. embora não seja geralmente considerada uma clássica é há muito alvo de trabalhos por parte da comunidade espeleológica nacional. Sem querer tirar méritos a outros clubes que lá tenham eventualmente trabalhado ao longo dos anos, salienta-se dois o Núcleo de Espeleologia de Leiria (NEL) e o Núcleo de Espeleologia de Alcobaça, (NEALC).

O primeiro arrancou com os trabalhos de desobstrução e topografia da gruta, tendo chegado a apresentar no IV Congresso de Espeleologia em 2002, um artigo sobre os trabalhos desenvolvidos, incluindo uma topografia da gruta que na altura estava um pouco abaixo dos 65m de profundidade, uma dissertação sobre métodos de desobstrução, e onde se punha em foco uma possível, embora potencialmente difícil, ligação à gruta da Cova da Velha, cujo término conhecido dista mais de 1km do algar das Eiras. O artigo em cima referido pode ser consultado aqui:

https://www.yumpu.com/pt/document/view/14243836/exploracao-do-algar-das-eiras-nucleo-de-espeleologia-de-leiria

O NEALC continua mais tarde e com a colaboração de sócios do NEL com os trabalhos de desobstrução, exploração, equipagem e topografia, atingido durante estes trabalhos a profundidade de 159 m, que ainda apresenta hoje em dia.
Sobre os trabalhos do NEALC pode ser consultado o seguinte link:

http://espeleonealc.blogspot.pt/2009/08/algar-das-eiras-sintese-dos-trabalhos.html

A topografia está acessível no link:

https://nalga.files.wordpress.com/2008/07/algar_eiras-nealc1.jpg

Image

Geologia

Foi durante os trabalhos conduzidos pela NEALC que tivemos a hipótese de realizar embora, apenas parcialmente um levantamento geológico desta cavidade.
A gruta pode ser considerada um “vadose shaft” de acordo com a definição de Baroñ, 2003, formado por infiltração de água a partir do epicarso ( a zona mais superficial, alterada e logo mais permeável do maciço cársico), tratando-se basicamente de fracturas alargadas pela corrosão da água de infiltração. Os poços são estruturalmente controlados sobretudo por fracturas de atitude N60E/Vertical e em menor grau por descontinuidades de N40W/vertical. Em vários locais existem tectos horizontais resultantes do abatimento do tecto, segundo as superfícies de estratificação horizontal (que funcionam como superfícies de fraqueza).

A boca da gruta abre-se, segundo a Folha 27- A da Carta Geológica de Portugal à escala 1/50000, na formação de Calcários de Chão das Pias, datados do Batoniano (Jurássico Médio). A espessura desta formação é 70 a 80m, de acordo com a mesma fonte, pelo que a gruta com cerca de 150m de profundidade se deverá prolongar pela subjacente formação de Margas e Calcários Margosos do Zambujal (com aproximadamente 220/±30m de espessura e datados do Aleniano inferior – Bajociano inferior (Jurássico Médio).). A Cova da Velha desenvolve-se nesta formação.
A atitude das camadas é próxima da horizontal.
Referência bibliográficas
• Baroñ, Ivo (2003) – Speleogenesis along subv ertical joints: A model of plateau karstshaft development: A case study: the Dolný Vrch Plateau (Slovak Republic), Cave&Karst Science 29 (1), 2002, 5-12. 010

• Manupella, G., Telles Antunes, M., Costa Almeida, C.A., Azerêdo, A.C., Barbosa, B., Cardoso, J.L., Crispim, J.A., Duarte, L.V., Henriques, M.H., Martins, L.T., Ramalho, M.M.; Santos, V.F.; Terrinha. P.; (2000). Carta Geológica de Portugal – Vila Nova de Ourém, Folha 27-A, scale 1:50000, and Explanation note, Instituto Geológico e Mineiro, Lisboa.

 

 

Anúncios

~ por paulor2005 em 26 / 03 / 2014.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: