Algar da Moita (A95 Cadastro de São Bento) ou Algar das Gajas de Sicó


O Algar da Moita fica situado na Planalto de Sto. António junto ao local designado na folha 318 da carta militar de Portugal à escala 1/25000 por Moitas, situado sensivelmente no centro do planalto, entre as localidades de Marinha da Mendiga e Cabeço das Pombas, no Concelho de Porto de Mós. As coordenadas e cota da boca da gruta encontram-se na topografia. Esta cavidade foi explorada e topografa no âmbito dos trabalhos de cadastro do grupo de São Bento. O apoio institucional foi dado pela Associação de Espeleólogos de Sintra (AES) As actividades foram realizadas nos dias 7 e 14 de Maio de 2011. Participaram nas actividades: Paulo Rodrigues (então AES/NALGA, agora GEM/NALGA), Álvaro Jalles (AES) e Telmo Miguel.

A gruta que já constava no cadastro, foi descoberta numa atividade conjunta do GPS – Grupo de Protecção de Sicó, AESDA – Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente em 2006, tendo a descoberta sido  feita por Cláudia Neves e Rita Lemos (ambas sócias do GPS). A entrada da gruta teve de ser desobstruída para ter acesso ao seu interior. A entrada é relativamente estreita e dá acesso a um poço com cerca de 30m de fundura, que termina no que pode ser descrita como uma grande sala que se prolonga na direcção NW-SE e cuja parte central está preenchida por um caos de blocos. O caos de blocos tornou a topografia complexa uma vez que, os espaços entre os blocos definem vários níveis sobrepostos. Por este motivo a planta da topografia é bastante confusa. Em relação à espeleometria a gruta tem 49m, de profundidade, 89m de desenvolvimento planimétrico e 150m de desenvolvimento.

Geologia

O poço de entrada é “um vadose shaft” de acordo com a definição de Baroñ, 2003, formado por infiltração de água a partir do epicarso ( a zona mais superficial, alterada e logo mais permeável do maciço cársico), tratando-se basicamente de fracturas alargadas pela corrosão da água de infiltração. O  poço é estruturalmente controlado por fracturas de atitude N60W/vertical e N40W/vertical. A gruta encontra-se no estado velho segundo a classificação de Bögli,1980. A génese da sala é menos clara, o caos de blocos resultante do abatimento do tecto, segundo as superfícies de estratificação horizontal (que funcionam como superfíces de fraqueza), alteraram o aspecto original da sala. Pode-se considerar a hipótese de se tratar de uma zona de confluência de vários “vadose shats” entretanto abatidos, ou mesmo de um troço de um antigo colector, apesar de não terem sido encontrados vestígios de origem freática da sala. A sala apresenta pelo menos em algumas zonas controlo estrutural pelas mesmas famílias de fracturas do poço de entrada, a saber N60W/vertical e N40W/vertical, a direcção de desenvolvimento da sala, NW-SE, sugere que estas fracturas poderão até desempenhar um papel predominante no controlo da sala.

A gruta desenvolve-se segundo a Folha 27- A da Carta Geológica de Portugal à escala 1/50000 na formação de Calcários Micríticos da Serra de Aire datados do Batoniano (Jurássico Médio).

A atitude das camadas é próxima da horizontal.

Image

Referência bilbliográficas

  • Baroñ, Ivo (2003) – Speleogenesis along subv ertical joints: A model of plateau karstshaft development: A case study: the Dolný Vrch Plateau (Slovak Republic), Cave&Karst Science 29 (1), 2002, 5-12.  010
  • Bögli, A. (1980), Karst Hydrology and Physical Speleology, Springer-Verlag, Berlin Heildelberg New
  • Rodrigues, M.L., Cunha, L., Ramos, C., Pereira, A.R., Teles, V., Dimuccio, L. (2007) “Glossário Ilustrado de Termos Cársicos”
Advertisements

~ por paulor2005 em 8 / 01 / 2014.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: