Algares da Atalaia I e II


O tempo passa e as topos não passam para o papel. Foi já em 2011 que estes dois pequenos algares foram topografados por José Silva (ARCM) e Paulo Rodrigues (AES/NALGA) aquando de uma actividade inserida no grupo de S. Bento.
Os dois algares situam-se próximos um do outro, não muito afastados do vértice geodésico da Atalaia, na localidade de Chainça, freguesia de São Bento, concelho de Porto de Mós.  Os algares Atalaia I e II têm respectivamente os códigos A1 e A2 do cadastro de S. Bento.

A topografia indica as coordenadas, e uma ficha de equipagem sumária (falta o comprimento da corda).

Do ponto de vista da geologia os dois algares desenvolvem-se na formação dos Margas e calcários margosos de Zambujal (a mesma formação onde se encontra a Cova da Velha), com um  controlo estrutural, pelo menos parcial, por fracturas de atitude N-S/Vertical. Estes algares são interpertados como sendo “vadose shafts”, uma tradução para português seria “algares de infiltração”, funcionado basicamente como descontinuidades por onde  a água proveniente do epicarso se infiltra em profundidade, corroendo o calcário até que a acidez da água se esgote.

Algar A4 Model (1)-page-001(2)

Topografia do algar Atalaia I

Topografia do algar Atalaia II

Topografia do algar Atalaia II

Advertisements

~ por paulor2005 em 4 / 12 / 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: