Cós Carvalho – de volta à carga no Planalto


Os trabalhos inseridos no Grupo de S.Bento continuam, após as conclusões dos trabalhos no Alecrineiros Sul, avançamos para o algar do Cós Carvalho. Trata-se de um algar com cerca de 70m de profundidade, que aparece indicado em vários relatórios dos nossos amigos do SSAC (Société Speleo-Archéologique de Caussade). Seguindo a indicação da existência de uma desobstrução a realizar no fundo do algar realizámos 3 actividades em que se fez a dita desobstrução, reequipou-se a cavidade e foi ainda feita uma topografia da gruta.

As actividades foram realizada nos dias 18 de Dezembro de 2001, 16 e 22 de Janeiro de 2011. A desobstrução foi realizada com um sucesso relativo tendo-se alargado uma fractura durante cerca de 6m de profundidade para permitir o acesso à potencial continuação.  Após a fractura tem-se acesso a um poço também estreito que se encontra entulhado com os blocos provenientes da desobstrução realizada acima. Há que lá voltar para retirar os blocos, no que se adivinha ser um trabalho de paciência. Deixamos aqui uma palavra de apreço ao Orlando Elias e a André Gaspar, companheiros incansáveis na desobstrução realizada no algar.



A fractura desobstruída no fundo do algar. Foto: Nuno Rodrigues

 

André numa pausa do ataque à fenda. Foto: Nuno Rodrigues

 

As actividades tiveram a participação de membros das seguintes associações (por ordem alfabética): AES,  AESDA,  ARCM, CEAE-LPN, GEM, NEALC e NEL.
Anúncios

~ por paulor2005 em 14 / 03 / 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: